segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Um dia tudo passara.



Um dia tudo passara.

A revoada dos pássaros partirar pra longe.

E quando eles voltarem Não encontrara mas seus

ninhos pois aqueles não existe mas.

Mas com toda garra e força faram novos ninhos.

Seus ovos depositaram outra vez

seus filhotes nasceram na deliciosa sensação da vida. Assim e vida de todos nos.

Na revoada do encantamento no

nascer da paixão No brilho das estrelas.

Numa doce canção.

No olhar do menino triste. Nas cores do arco IRES.

No perfume das estações.

No sol de meio dia.

Na tarde que cai.

Chega o aperto.

La no fundo de cada coração.

Mas o perfume que isala da Dama da Noite junto a luar.

Deixa uma gostosa sensação .

Ai vem a esperança.

Que bate carinhosamente dentro de um coração...

Doçura de luz..

Nenhum comentário:

Postar um comentário